Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Itajaí promove capacitação sobre tratamento e diagnóstico precoce da sífilis

Treinamento realizado neste mês é destinado aos servidores de saúde do município
Data de inclusão: 06/10/2021 16:02

Outubro é o mês de combate à sífilis e à sífilis congênita e o Município de Itajaí promove uma capacitação direcionada aos profissionais de saúde para orientar e sensibilizar sobre a doença. A iniciativa é realizada pela Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica e em parceria com a Fundação de Educação Profissional e Administração Pública de Itajaí (FEAPI), e tem como tema “Teste, Trate e Cure”.

A capacitação iniciou na segunda-feira (04) com os técnicos de enfermagem das unidades de saúde, redes de urgência e também do Hospital Marieta Konder Bornhausen. As palestras foram ministradas pelo médico infectologista e professor da Univali, Pablo Sebastian Velho, e pela enfermeira do setor de IST/AIDS/HIV e Agravos Crônicos Transmissíveis do município, Jamille Roepcke Cardoso.

A próxima atividade será desenvolvida na sexta-feira (08), em plataforma on-line, para médicos e enfermeiros da rede municipal. Os temas abordados serão “Sífilis na Gestação e Critérios de Notificação de Sífilis Congênita” e “Sífilis: Diagnóstico, tratamento e acompanhamento na Atenção Primária à Saúde”. A capacitação será ministrada pela médica ginecologista da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (DIVE/SC), Flávia Moreira Soares, e pela Médica de Família e Comunidade de Joinville, Maria Simone Pan.

A sífilis é uma doença infecciosa transmitida por meio da relação sexual desprotegida. Essa IST também pode ser transmitida para o bebê na gravidez, quando é considerada sífilis congênita. Acomete praticamente todos os órgãos e sistemas e, apesar de ter tratamento eficaz e de baixo custo, vem se mantendo como problema de saúde pública nos dias atuais.

Em 2021, a Secretaria de Saúde de Itajaí implantou o processo de investigação e monitoramento de todos os casos de sífilis notificados no município, totalizando 779 casos no período de janeiro a agosto. Os diagnósticos da doença são realizados através de exames sorológicos e testes rápidos, disponíveis em todas as unidades de saúde da cidade. O tratamento é feito com antibióticos conforme orientação médica. 

Imagens relacionadas

Itajaí promove capacitação sobre tratamento e diagnóstico precoce da sífilis
Itajaí promove capacitação sobre tratamento e diagnóstico precoce da sífilis
Itajaí promove capacitação sobre tratamento e diagnóstico precoce da sífilis
Itajaí promove capacitação sobre tratamento e diagnóstico precoce da sífilis
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2021- Município de Itajaí